Instituto Totum

Governança

Para garantir a independência, isenção de conflitos de interesse e credibilidade para o processo de Certificação de Promotores de Correspondente, a ANEPS adotou toda uma estrutura de Governança específica para tratar dessa questão.

A ANEPS é detentora da Certificação e contratou o Instituto Totum de Desenvolvimento e Gestão Empresarial para o processo de gerenciamento da Certificação.

Para garantir a isenção operacional da ANEPS no processo, fortalecendo a credibilidade, todas as fases do processo de Certificação Profissional de Promotores de Correspondente, desde a inscrição, elaboração e correção dos exames, até a liberação do registro é executado pela empresa prestadora de serviços contratada pela ANEPS.

A ANEPS é a responsável pela definição dos temas e referências para o Exame de Certificação, porém cabe a empresa prestadora de serviços contratada, a elaboração, aplicação e correção das provas que possuem sistemática que garante o sigilo até da própria ANEPS, ou seja, somente empresa prestadora de serviços contratada conhece o conteúdo das questões.

Como a Certificação ANEPS vai além da aprovação no Exame de Certificação, foi criada uma estrutura de Ouvidoria para tratar de ocorrências e denúncias em relação aos Promotores de Correspondente já Certificados e para os candidatos em processo de Certificação.

A coordenação desta Ouvidoria ficará a cargo da ANEPS. Todas as denúncias formais serão tratadas com relação ao Código de Ética e Conduta e, caso seja constatada a pertinência da denúncia, processos disciplinares são abertos para apuração.

Uma Comissão de Ética, hierarquicamente superior à Ouvidoria e com membros de outras entidades além da ANEPS, é a responsável pelo julgamento dos casos e decisões em instância final.

A ANEPS, dentro do conceito de isenção de conflitos de interesse, não fornece nem fornecerá cursos e treinamentos relativos ao processo de Certificação de Promotores de Correspondente.